domingo, 15 de agosto de 2010

O BARÃO DE ARARUNA

Ormuz, vamos pensar naquela idéia do "convívio genealógico"?
Podíamos marcar uma vez por mês, num dia fixo, em algum restaurante onde não houvesse música alta e a gente pudesse conversar, e cada um se responsabilizasse pela sua despesa...
No Rio e em SP o pessoal da genealogia faz isso.
Em São Paulo chama-se "QUA-QUA", porque é na 4a. quarta-feira do mês.
Pense na idéia. Vai quem quiser e quem puder.
O meu argumento é que precisamos forjar entre nós laços de amizade e companheirismo, porque isso fortifica o trabalho e os objetivos comuns.

Clotilde Tavares

Nenhum comentário: