segunda-feira, 22 de junho de 2009

A PRAIA DA PIPA DOS MEUS AVÓS - Depoimentos

Distante dos Meus e da minha amada Natal, sinto-me como o Assum Preto que, cego, canta de dor...Ler sua crônica é como conversar com um conterraneo comendo carne de sol com feijão verde e farofa de bolão... Fico com o coração dilacerado esta êpoca do ano com os festejos juninos. Infelizmente este ano não pude estar presente.Sua alma nordestina em sintonia com a minha transporta-me a Natal e comungamos recordações que apesar de não pertencerm ao meu passado, trazem-me momentos deliciosos!Parabéns e obrigada pela felicidade de começar uma semana de trabalho tão próxima de vocês.

Abraços,
Clivia Bulhões
Rio de Janeiro-RJ

22 de Junho de 2009 10:04

Nenhum comentário: