sexta-feira, 18 de julho de 2008

INAUGURAÇÃO DA CASA DA CULTURA EM GOIANINHA


2 comentários:

ana maria disse...

Casa de Cultura Antônio Bento.
A Casa de Cultura Antônio Bento do Município de Goianinha foi entregue a sua população no dia 17 de julho de 2008 às 20hs. Estiveram presentes a cerimônia de inauguração as seguintes autoridades: Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Profª Wilma Maria de Faria, Presidente da Fundação José Augusto, o poeta Crispiniano Neto, Secretário de Articulações Municipais, Deputado Claudio Porpino, Prefeito do Município, Rudson Raimundo Honório Lisbôa, Presidente da Assembléia Legislativa, Deputado Robinson Farias, vice prefeita do Município Srª Marlene Inaldy Barbalho Galvão, O sobrinho de Antônio Bento, técnico de cinema Amaro Bezerra de Araújo Lima, representando a família Araújo Lima,a jornalista Ilneth Correia,a Secretária Municipal de Ação Social Srª Flávia Montenegro Lisbôa e demais secretários municipais.A Casa de Cultura ocupa uma área em torno de 350m²,sendo composta de um auditório com capacidade para 100 pessoas sentadas, um museu, uma pinacoteca, uma biblioteca,uma sala da administração, duas salas para oficinas, um camarim, 03 box para venda de artesanato, e uma lanchonete.Sua inauguração deu-se início as 5hs com uma alvorada e quema de fogos.Às 19hs tivemos na cidade um cortejo cultural com a trupe de teatro de Goianinha,bandas, fanfarras, trios de forró, escolas públicas e privadas com suas atividades culturais na rua, Peti e quadrilhas.Em seguida foi dado início ao cerimonial de inauguração e encerrando essa grande festa tivemos a oportunidade de assistir ao espetáculo de celebração à casa de cultura com atores de Goianinha, Corangelis, Orquestra Jovem, Grupo Batuke e o Toré, interpretando prosas, cordel, e músicas do universo cultural da cidade de Goianinha, com participação especial do cantor Isaque Galvão.O coordenador das Casa de Cultura do Estado do Rio Grande do Norte, o artista Dimas Carlos esteve a frente do evento tendo os funcionários da Prefeitura Municipal de Goianinha como colaboradores.

ana maria disse...

QUEM FOI ANTÔNIO BENTO
Nascido em 1902, em Araruna (PB), com infância e adolescência vividas no Engenho Fazenda Bom Jardim, da faamília Araújo Lima, em Goianinha (RN), Antônio Bento de Araújo Lima foi escritor, jornalista, pesquisador musical e de folclore, e crítico de arte, seu papel principal na vida.
Em 1926 participou de pesquisas folclóricas com Mário de Andrade, fornecendo-lhes temas do folclore nordestino, inclusive as canções do Bumba-Meu-Boi, acompanhando, ainda, o projeto Macunaíma.
Estreou, em 1930, como crítico de arte, no jornal "A República", em Natal, com uma crônica sobre a mostra de desenhos de Ismael Nery.
Foi um dos fundadores da Associação Internacional de Críticos de Arte, em Paris, fazendo parte da diretoria em 1948.Eleito e reeleito presidente da Associação Brasileira de Críticos de Arte Moderna, nos anos 50.
Foi comissário do Brasil em várias bienais internacionais, também na década de 50, tendo participado, inclusive como jurado.
Sócio-Fundador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), na década de 60.
Foi relator do programa para rádio do MEC, sobre o movimento artístico e do noticiário sobre as exposições de galerias de arte, em 1978/80.
Foi também integrante da Comissão Nacional de Artes Plásticas na Funarte/RJ, em 1978/80.
Escreveu livros sobre os expoentes da arte conteporânea brasileira, como: Ismael Nery, Portinari, Milton Costa, Fayga Ostower, Di Cavalcanti, Cícero Dias, Sergio Teles, entre outros.
Casou com Lucilha de Araújo Lima, com quem teve seis filhos.
Faleceu em outubro de 1988, no Rio de Janeiro.