quinta-feira, 25 de novembro de 2010

CENTENÁRIO

Caro Ormuz,

Não deixa de ser uma alegria, embora nos remeta a momentos de dor e saudade, quando podemos nos recordar dos bons momentos que tivemos junto aos nossos entes mais queridos, principalmente nossos pais, e nos lembramos de fatos e acontecimentos que marcaram nossas vidas. Li certa vez que a nossa mente é como conta bancária, ou seja, só retiramos de lá se tivermos colocado antes. por isso recomenda sempre registrar apenas bons momentos pois um dia nos recordaremos deles com muita emoção e contentamento. Parabéns pela brilhante caminhada do seu pai e os exemplos que ele deixou como marca registrada.

Abs/.

cabral/Marta

Nenhum comentário: